quinta-feira, 1 de julho de 2010

Artista do Mês: Laura Pausini

Acredito que todos nós já passámos pela mesma situação. Sabem, quando gostamos de um CD e que começamos a ouvi-lo vezes sem fim até nos encher e, passado alguns anos, voltamos a ouvi-lo com o mesmo prazer? Pronto, é isso mesmo que me está a acontecer com um Best Of da Laura Pausini.

Imagino que alguns ficarão surpreendidos por eu falar desta cantora. Entendo perfeitamente, até porque acho que nunca ninguém me ouviu comentar nada acerca dela (ou de falar sobre música italiana) e porque, verdade seja dita, não se adequa muito com o meu perfil. Mas como dizia a outra, sou uma caixinha de surpresas :-)

Nem sei dizer ao certo quando é que ouvi a Laura Pausini pela primeira vez. Muito provavelmente, suponho que tenha sido quando ela apresentou La Solitudine ao público, em 1993 (eh pah, já lá vão uns anos). De qualquer forma, o meu verdadeiro (re)encontro foi muito mais recente e ocorreu em 2000 quando foi lançada a colectânea intitulada "The Best of Laura Pausini: E Ritorno da Te".

Como muitos artistas, a Laura Pausini aprendeu com o pai, tendo subido aos palcos com  apenas 8 anos de idade e, mais tarde, já com 13 anos, teve a sua primeira experiência em estúdio ao lançar o seu primeiro álbum produzido pelo seu pai: I Sogni di Laura. Mas a carreira musical da jovem Laura só vai realmente começar em 1993 quando cantou pela primeira vez La Solitudine que lhe permitiu vencer o famoso Festival de San Remo. Logo a seguir, assinou um contrato com a Warner Music e iniciou uma brilhante carreira internacional.

Para tal e aproveitando o facto da cantora gostar de línguas estrangeiras, (que coincidência, eu também) foi-lhe pedido para cantar em Espanhol sendo que o objectivo assumido era de conquistar o mercado Ibérico e da América do Sul. Algumas das suas canções foram inclusive traduzidas para Português.

A seguir, surgiram vários álbuns escritos pela própria Laura Pausini (Le Chose Che Vivi, La Mia Risposta, Tra Te e Il Mare) para finalmente experimentar cantar na língua de Shakespeare no álbum From The Inside que saiu em 2002 e que foi um grande sucesso nos Estados-Unidos onde, durante várias semanas, esteve à frente de cantores como Madonna, Mariah Carey ou ainda Michael Jackson. Deste álbum podemos destacar Surrender.

No que diz respeito aos seus concertos, é importante destacar que foi a primeira mulher a realizar um espectáculo no Estádio Giuseppe Meazza - San Ciro (Milão), no dia 2 de Junho de 2007, perante 70 000 pessoas. A escolha do estádio não é inocente, pois a Laura Pausini é uma fã do AC Milan.

De resto, e ficando pelos números, podemos resumir a carreira da cantora da forma seguinte: 65 milhões de discos vendidos em mais de 60 países mas, melhor do que números, não há nada como ouvir algumas das suas músicas que poderão encontrar na categoria "Vídeos".

Para recordar ou descobrir...

PS: Post dedicado à Mónica ;-)

0 comentários: