sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Casamentos 2011

No último fim-de-semana, dei por encerrada a época de casamentos para 2011. Devo confessar que não sou um grande amante deste tipo de celebração, essencialmente por causa do protocolo. Para mim, não há nada melhor que uma tainada entre amigos, onde o único protocolo consiste em comer e beber como lordes. Nada de missa, nada de sermão, nada de fatos, nada de sapatos, etc. Apenas boa companhia desfrutada de forma confortável.

Contudo, este ano, tenho de admitir que os casamentos aos quais fui convidado agradaram-me.

Em primeiro lugar, porque tratava-se de pessoas que levo no coração e foi um prazer estar presente no primeiro dia das suas novas vidas. Talvez seja lamechas (algo que não é costume em mim), mas gosto da ideia romântica que consiste em dizer que cada panela tem o seu testo. Não sei se esta afirmação é exacta mas quando vejo algumas pessoas como os meus pais, por exemplo, penso pelo menos que não está totalmente errada. E, neste sentido, gostava acrescentar estes casais à lista de excepções.

A seguir porque adorei participar no "assalto" à casa dos meus tios (e à minha já agora) em busca de fotos/relíquias. E como esquecer a sessão de dança do ventre... Aliás, acho que me estou a esquecer mesmo e seria melhor organizar uma segunda sessão :-)

Em terceiro lugar, gostei porque não havia a tradicional mesa de solteiros. Como eu odeio aquele sítio em que se juntam pessoas (quase) desconhecidas durante horas na esperança que algo nasça dali. Sinceramente, não conheço ninguém que tenha conhecido a sua cara-metade num casamento.

E por fim, ninguém me incomodou com o suplício que consiste em perguntar-me de forma mesquinha: “e tu, quando é que casas?” ou “já tens namorada?”. A sério, já não tenho paciência para isso. Ok, quando eu era puto, até tinha a sua piada mas agora não. E, conhecendo o meu dom para dar respostas secas, daquelas “vai buscar”/”toma”/”mama aí”, ainda bem que ninguém se lembrou de me chatear…

Mas pronto, dito isso, só me resta desejar aos casalinhos muitas felicidades. Que todos eles possam viver momentos de amor, partilha e prazer durante muitos anos.

Grande abraço!

0 comentários: